Atualizando...
Seu carrinho está vazio.

Quando o assunto é modelagem e renderização 3D, o Cinema 4D é um dos softwares mais populares. No seu uso, o processador é o componente mais importante. Seja para modelar ou animar vários elementos em cena, seja para renderizar imagens ou vídeos, o processador é o responsável por uma experiência positiva e tempos de renderização factíveis.


Características diferentes do processador influenciam essas tarefas de diferentes maneiras, e felizmente a desenvolvedora do programa, Maxon, também cria o Cinebench, um benchmark capaz de medir tanto a velocidade de um thread do processador, que impacta a parte de criação gráfica, animação e simulação, assim como medir a performance de fluxos multi-thread, usada no processo de renderização.


A Intel lançou uma nova geração de processadores Xeon multi-socket em 2018, nomeada como Xeon Scalable. Esta linha de processadores pode fornecer um número expressivo de cores, tanto usando apenas um processador, como dois na mesma placa-mãe. Mas fica a pergunta: o investimento necessário para se obter um ou mais processadores Xeon justificam os ganhos em performance? Como fica a performance em single-thread nesses processadores? É isso que veremos hoje!



Para tornar a comparação mais completa, vamos analisar os resultados do Cinebench para os principais processadores da linha Xeon Scalable, o dos processadores i7 8700K e i9 7980XE também da Intel e do AMD Threadripper 1950X. Tirando os Xeons, todos os outros são single-socket.


O benchmark Cinebench apresenta três resultados: CPU (Single-Core), CPU (Multi-Core) e OpenGL. O último teste é mais voltado para o uso de GPU (placa de vídeo), porém o processador pode interferir no resultado.



Como era de se esperar, no quesito renderização os processadores Xeon apresentam uma vantagem significativa. Nos testes, todos os Xeons foram usados em pares (dois processadores na mesma placa-mãe), então mesmo o segundo modelo com menos núcleos (Xeon Gold 6136), quando usado dessa forma, resulta em 24 núcleos físicos e 48 threads, batendo inclusive o modelo para entusiastas i9 7980XE. O Xeon Gold 5122, o mais básico entre os modelos testados, apresenta apenas 4 núcleos físicos e 8 threads, então mesmo com dois processadores juntos sua performance é inferior a quase todos os processadores, ficando com pouco mais de 200 pontos acima do i7 8700K.


A vantagem dos Xeons, no entanto, vem com alguns contrapontos. Em geral, a performance single-core é de 10% a 15% inferior a dos modelos i7 e i9 testados, o que influencia na fluidez do sistema nas tarefas de modelagem, animação e simulação. Além disso, o custo do sistema é bem superior. Apenas um Xeon 8180 pode chegar a custar 5 vezes o valor de um i9 7980XE. Dois Xeons deste modelo mais a placa-mãe e memórias ECC mais caras, não é preciso dizer que o sistema exigiria um investimento significativamente superior.


Os demais modelos Xeon, apesar de não tão caros quanto o 8180, ainda apresentam a performance single-core inferior. O mesmo pode ser dito do AMD Threadripper, porém neste caso o investimento inicial é bem menor do que em um sistema Xeon.


Como era de se esperar, o processador que apresenta melhor performance single-core é o já conhecido i7 8700K, com o i9 7980XE logo atrás. Os resultados em OpenGL também seguem esta ordem, mostrando a influência da velocidade do single-core mesmo em atividades prioritariamente voltadas ao uso de GPU.






 




Com esses resultados, fica difícil recomendar um sistema Xeon para Cinema 4D. Tirando workflows nos quais o menor tempo de renderização é a prioridade, desconsiderando o investimento necessário, não há razão para optar por um sistema com Xeon. O que recomendamos, portanto, é um sistema com processador i7 8700K para workflows mais focados em modelagem, animação e simulações em geral, com a alternativa do i9 7980XE (ou uma opção da linha Core X) para workflows mais focados em renderização, mantendo a capacidade de modelar e animar próxima a do i7 8700K. Uma opção para renderização em um budget mais limitado é o AMD Threadripper 1950X. Este modelo apresenta mais que o dobro de performance em renderização que o i7 8700K, ainda mantendo 80% da performance em single-thread deste i7.


É claro que o processador é importante, mas configurar uma workstation com memória, placa de vídeo e armazenamento otimizados para o uso do software são imprescindíveis para a melhor experiência possível com o programa. Mas estes tópicos serão abordados em outro momento.


Ficou mais fácil escolher o processador para sua próxima workstation de Cinema 4D? Caso tenha ficado com alguma dúvida, não deixe de mandar uma mensagem! Nós podemos ajudá-lo a escolher o melhor hardware para sua workstation! É só entrar em contato conosco pelo formulário de contato aqui no site! Não se esqueça de se inscrever no canal do Youtube Rocketz Pro para saber quando sair um vídeo novo. Até a próxima!