Atualizando...
Seu carrinho está vazio.

O que preciso para montar um setup para Streaming?

Então você quer começar a fazer livestreams, certo? Mas você sabe exatamente o que é necessário para começar a fazer lives de maneira eficiente e com qualidade? Se está na dúvida, você veio ao lugar certo!


Antes de mais nada, vamos entender que tipo de livestream você tem em mente. Se tudo o que você quer é mostrar o seu dia, responder Q&As e fazer desafios e tags na frente de uma audiência ao vivo, você tem como objetivo fazer uma livestream do tipo "Lifestyle".


Nesse caso o hardware do computador não precisa ser tão potente assim, porque basicamente ele irá precisar rodar o navegador e um eventual software da webcam para possibilitar o upload do vídeo a ser transmitido em tempo real. Seja no próprio YouTube, Facebook, Twitch ou outra plataforma de live streaming de sua preferência, neste cenário o que você precisa se preocupar mais é com sua webcam, microfone e iluminação.


Uma máquina que atende perfeitamente este uso (streaming sem jogos, apenas da câmera) é a Raptor, que você pode conferir aqui no site da Rocketz (Raptor). Ela tem como configuração um processador Intel i3, uma GTX 1050 e 8gb de RAM, mais do que suficiente para fazer lives no estilo "Lifestyle".


Mas e para "streamar" minhas gameplays?  


Agora se seu objetivo é fazer a live stream jogando, a história muda um pouco. O poder de processamento necessário para rodar todos os softwares necessários é consideravelmente maior, e além disso é necessário ter mais um monitor para interagir com os softwares e ler os comentários enquanto o jogo roda no monitor principal.



























Começando pela máquina temos como opção a Rocketz Firestorm. Contando com um processador Intel core i5 7400, uma placa de vídeo Nvidia GTX 1060 de 6gb e 8gb de RAM, ela já tem potência para rodar um jogo em boas qualidades e ao mesmo tempo fazer a live streaming na sua plataforma de preferência.






Logo em seguida precisamos de uma maneira que sua audiência consiga te assistir, ver suas reações e se sentir mais próxima. Para isso, recomendamos a Logitech Webcam C922. Feita pensada justamente no streamer, ela conta com compressão avançada no codec H.264, o que garante uma ótima qualidade de imagem no vídeo transmitido utilizando menos banda.









Para microfone, nossa recomendação é o Razer Seiren X. Desenvolvido também para o uso de streamers, é um microfone testado e recomendado por milhares de usuários e que garante uma ótima qualidade sonora, infinitamente superior aos pequenos microfones presentes nos Headsets. Se você quer ser levado a sério pela sua audiência, você precisa de uma boa qualidade sonora, e esse microfone garante essa qualidade.








Um bom headset com excelente qualidade sonora e de construção é o HyperX Cloud Stinger. Com apenas 275g, rotação de 90 graus nas hastes e drivers de 50mm, é o headset ideal para começar a jogar e "streamar" com conforto e qualidade, além de ser esteticamente muito agradável.








Para o monitor principal, recomendamos o Monitor Gamer XL2411Z da Zowie. Como é neste monitor que você vai jogar seus jogos favoritos, nada melhor do que um monitor gamer de 144Hz 1080p com 1ms de resposta. Além disso conta com outras funções, como Motion Blur Reduction e Gaming Refresh-rate Optimization Management, para uma experiência visual superior em qualquer jogo.




Como comentamos, um monitor secundário é necessário para tudo além do jogo. Seja o navegador na Twitch ou Youtube, os softwares de streaming e da webcam, tudo ficará nesta tela. Como seu uso estará limitado a configurar e consultar as plataformas de streaming, um monitor mais básico já dá conta do recado. Para isso recomendamos o Monitor Philips 5ms de 21".


Mesa e cadeira neste momento não são essenciais, e podem ser um upgrade posterior no seu setup de streaming. Claro que seu cenário fica superior com soluções gamer, mas nada fundamental para começar a "streamar".




Lembrando que isto é para começar sua jornada como Streamer. Caso você queira algo mais profissional, uma máquina como a Ghost, que já conta com um processador Intel Core i7, ou mesmo uma máquina para jogar e outra para "streamar" são soluções mais completas e que conseguem entregar uma jogabilidade em qualidades e resoluções superiores sem quedas de frames significativas.




Ok, mas como faço para transmitir meu jogo?






Com todo o hardware pronto, vamos ao software. As duas principais opções são o OBS Studio (Open Broadcast Studio), e o XSplit. As duas soluções têm as funcionalidades necessárias para possibilitar a live stream de sua gameplay, porém o OBS é um software gratuito, enquanto o XSplit é um software pago.


Apesar dessa diferença, não pense que você precisa da opção paga para ter resultados excelentes. Aliás, o software OBS é mais flexível em alguns quesitos, aceita plugins e customização e em alguns jogos consegue proporcionar um número maior de frames do que seu rival XSplit em uma mesma configuração. Não dizendo que o XSplit não tem suas vantagens e funcionalidades, como o green screen simulado e o XSplit overlay, que permite a sobreposição do chat no jogo, eliminando a necessidade de um segundo monitor, por exemplo. Além disso, o XSplit Gamecaster é mais fácil de instalar e começar a usar, enquando o OBS exige uma curva de aprendizado um pouco superrior.


É recomendado testar para ver com qual software você se adapta melhor, mas para entrar no mundo de live streaming o OBS é a solução sem investimento financeiro que atende todos os requisitos para a prática de live streams de qualidade.






Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais sobre como montar ou completar seu setup para ficar pronto para suas live streams? Então entre em contato com a gente aqui no site da Rocketz!